Ir direto para o Conteúdo

PetMail ® - Portal Pet de Negócios e Oportunidades

Meu Cadastro

Classificados

Notícias

Policial vira-latas.

23/01/2009 Policial vira-latas.

A polícia do Estado indiano de Bihar está tão carente de recursos que está usando um bando de cachorros vira-latas para se proteger dos rebeldes maoístas. Agora os policiais mal-equipados de Paraiya estão se beneficiando da proteção canina 24 horas por dia, segundo as autoridades.

 

Em troca de comida, os cachorros patrulham o local à noite e latem diante de qualquer intruso. O número de cachorros vira-lata na polícia aumentou de seis para 36 em dois anos.

 

“Não é possível ficar de olho em cada canto da estação de polícia, especialmente à noite”, disse o oficial Baidyanath Rai. “Também temos capacidade e recursos muito limitados para manter uma vigília noturna. Então mantemos os vira-latas para esse fim”, disse ele. “O cachorro não é o melhor amigo do homem?”, diz, enquanto acaricia as costas de um dos cachorros mais antigos, Shera, agradecendo por seus serviços contínuos.

 

Chapatis

 

Os 24 policiais em Paraiya, a cerca de 40 quilômetros da cidade de Jehanabad, gastam cerca de 5% dos seus salários para manter os cachorros.

 

Normalmente, os cachorros recebem uma mistura de arroz e leguminosas duas vezes ao dia, mas eles às vezes ganham alguns chapatis, pães típicos do norte da Índia.

 

Eles têm utensílios de cozinha separados e um forno especial para os cachorros. Ao lado fica a cozinha onde os gratos policiais preparam sua própria comida com a ajuda de um cozinheiro.

               

A estação de Paraiya tem apenas as amenidades básicas. Os cachorros se juntam para as refeições, mas retornam ao trabalho religiosamente à noite, latindo no momento em que sentem qualquer invasão indesejada.

 

“Dependemos muito deles e eles são uma parte integrante de nossa força para combater os maoístas”, explica o sub-comandante Mirza Matin Beg, com seu colega Suresh Rajak concordando com a cabeça ao seu lado.

 

A estação policial de Paraiya é uma estrutura precária com teto de lata e com apenas as necessidades básicas. Á noite, ela fica na escuridão. Sem gerador, a estação recebe energia por uma hora por dia. Às vezes ela recebe isso numa semana ou num mês.

 

“Os cachorros patrulham, e quando começam a latir temos um alerta e acendemos nossa lanterna”, disse um policial. Mas mesmo isso já é uma vitória, porque a polícia só tem uma pilha para usar em caso de emergências.

 

“Mantemos uma bateria extra para o sistema de comunicação sem fio para qualquer emergência nossa e gastamos 30% de nosso salário para garantir essas necessidades mínimas. De outra maneira não conseguiríamos sobreviver”, disse o policial Navin Kumar Mishra.

 

Insurgência

               

Nos 38 distritos de Bihar, 18 estão duramente afetados pela insurgência maoísta. O centro de Bihar em particular tem uma longa e sangrenta história de assassinatos.

 

Como a maior parte da polícia no Estado, os homens de Paraiya estão equipados com enferrujados rifles Lee Enfield, enquanto os rebeldes têm metralhadoras AK-47 e granadas de mão.

 

Os oficiais dividem um jipe entre eles, mas não contam com nenhum banheiro adequado nem com um lugar para descansar entre os turnos. Em novembro passado, centenas de rebeldes tomaram uma cadeia na cidade próxima de Jehanabad.

 

K. K. Jha, secretário-geral da associação de policiais de Bihar, diz que a maior parte das novas armas da polícia acabam nas mãos dos seguranças das pessoas importantes.

 

Ele quer que o novo governo do Estado cumpra suas promessas de melhorar o equipamento da polícia. “De outra maneira eles continuarão sacrificando suas vidas em nome da ameaça maoísta”, disse.

 

O governo de Bihar anunciou recentemente planos para investir US$ 20 milhões nas partes do Estado mais atingidas pelos rebeldes. Mas até lá os policiais de Paraiya terão que continuar a contar com a companhia canina.


Fonte: BBC


Voltar

Mais Notícias

Copyright 2015 PETMAIL® Portal Pet de Negócios e Oportunidades.
Todos os Direitos Reservados
Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...